O mundo globalizado tem tirado a essência do entretenimento e no Futebol não tem sido diferente, com grande culpa dos dirigentes com o intuito de encher os cofres dos clubes em detrimento de formar esquadrões qualificados em busca de conquistas importantes. Não respeitam o sentimento dos torcedores e relevam o legado do clube. Esse fato muito me entristece!

A ganância financeira tem sido praticada em relevância pelas equipes portuguesas não só elas mas na maioria Benfica e Porto. Nos últimos anos estas equipes tem tido destaque positivona Europa, em relação ao faturamento com a venda de jogadores.

Só para ilustrar a informação e os amigos terem ciência da situação, segue a publicação do site uol em 20 de junho de 2017 as equipes que lideraram este ranking:

1º Benfica 727,5 milhões, 2º Porto 721,6 milhões, 3º Chelsea 625,9 milhões, 4º Tottenham 598,4 milhões e 5º Liverpool 588,3 milhões valores em euros.

O mesmo site atualizou o mercado dessas transações dois anos depois em 28 de julho de 2019, segue o Ranking:

1º Benfica 969,4 milhões, 2º Atlético de Madrid 952 milhões, 3º Monaco 912,6 milhões, 4º Chelsea 884,5 milhões e 5ª Roma 792,1 milhões. A equipe do Porto caiu para 8ª posição com 719,3 milhões de euros. Não se assustem logo deve constar no G5.

A grande surpresa do ranking o 2ª lugar do Atlético de Madrid com a venda de Griezmann, Hernandes e Rodri mas comprou João Felix do Benfica; Monaco após excelente campanha na Liga dos Campeões 2016-2017 foram negociados Bernardo Silva, Fabinho, Glik, João Moutinho, Lemar e Mbappé e a Roma surpreendendo entre os 5 do ranking com a venda de Strootman, Naiggolan e dos brasileiros Allison e Gerson.

Mas voltando às equipes lusitanas do Benfica, após o bicampeonato da Liga dos Campeões 1960-1961 e 1961-1962 e Porto após a conquista da mesma Liga 2003-04 e por sinal a última de um clube português não conseguem ter boa performance nos campeonatos expressivos europeus. A cada temporada a participação destas equipes juntamente com o Sporting e Braga tem sido decepcionantes, muitas vezes não conseguem passar da 1ª fase da competição e quando passam não vão muito longe.

Na Liga da Europa na 2ª fase desta temporada o Sporting foi eliminado pelo Istanbul, Braga pelo Rangers, o Bayer Leverkusen eliminou o Porto e o Benfica pelo Shakthar Donetsk. A participação dos lusitanos foi vexatória! Istanbul e Rangers não tem muito expressão no futebol europeu.  

Isto tem impactado sensivelmente na seleção portuguesa em relação às convocações do técnico Fernando Santos, visto da última Eurocopa dos 23 convocados apenas 05 atuam em equipes do país, embora, a perfomance da seleção tem sido melhores em relação a dos clubes. Quem sabe poderá ser assunto de uma próxima matéria.

Se não adotar medidas urgentes visando manter os jogadores com melhor qualidade técnica em suas equipes por mais tempo , os clubes lusitanos continuarão com sérias dificuldades nos campeonatos europeus. O torcedor sofre com tantas eliminações.

Gil Cipriano
O futebol jogado em todo lugar, de Fernandópolis até a Europa